Nota sobre atitude de Caiado durante as manifestações de domingo, 15/2

 

 

16/3/2020

Sobre as discussões do governador Ronaldo Caiado, neste domingo (15), com manifestantes, temos a informar:

 

Apesar da necessidade de fazer cumprir os protocolos de Saúde que recomendam evitar aglomerações que põem em risco a saúde pública, em face da pandemia que afeta o mundo, considerarmos REPROVÁVEL a atitude do governador Ronaldo Caiado.

 

A maneira arrogante como abordou os manifestantes demonstrou despreparo para lidar com situações de tensão extrema. Deveria utilizar meios de interlocução do governo, como autoridades sanitárias e policiais para recomendar a paralisação.

É absolutamente lamentável que um governante que, a despeito de acobertado por bons argumentos, não se atenha a liturgia que envolve o exercício da nobre função de governador do estado.

Substituir os instrumentos legais para fazer cumprir normas formalmente estabelecidas, não contribui com o fortalecimento do estado democrático de direito.

 

A autoridade dos atos governamentais não se dá pelos gritos, pela arrogância ou prepotência.

 

Esse comportamento só lembra um passado autoritário que o Brasil democrático, moderno e consciente, luta para que fique restrito aos livros de história.

 

O governador deveria se comportar como estadista, não como coronel. Ao se dirigir aos manifestantes bradando expressões como “não preciso do seu voto”, “tire a máscara”, “essa é a minha ordem e minha ordem será cumprida”, “vai à merda”, Caiado revela o perfil do atual governo do estado – o velho coronelismo escancarado.

 

PSDB Goiás

Compartilhar

Desenvolvido por