Em artigo, Eurípedes Jerônimo critica “apropriação indevida” de Caiado sobre as obras do PSDB

15/07/2020

 

O presidente do PSDB Metropolitano, Eurípedes Jerônimo, comentou nesta quarta-feira (15/7) as manifestações do governador Ronaldo Caiado (DEM) comemorando a regularização de aeródromos no Estado. Para o dirigente tucano, o fato de o governador não ter inaugurado uma obra sequer, mesmo após mais de 18 meses de mandato, tem motivado Caiado a se “apropriar” dos aeródromos construídos na gestão do ex-governador Marconi Perillo.

 

“Sem ter mostrado uma única obra ou ação realizada, se apropria de obras e programas herdados dos governos do PSDB”, escreveu Jerônimo em artigo veiculado no site do diretório municipal do partido. “A única “obra e ação” palpável desse atual governo é a disseminação descontrolada do coronavírus para todos os municípios goianos”, aponta.

 

Para o presidente tucano, Caiado reunia condições financeiras para aparelhar o Estado para enfrentar o novo coronavírus, mas não o fez. A atual gestão, afirma, estava dotada de recursos para preparar a rede pública, “uma das melhores do país e fruto dos governos do PSDB, para enfrentarmos essa crise sanitária”, escreveu. “Com decretos desconectados da realidade – no tempo e na sua abrangência – com idas e vindas, avanços e recuos por não aguentar pressões, Caiado criou o sistema vagalume de abre e fecha”, avaliou, ao comentar o decreto 14×14 do governador, de isolamento social intermitente. “Caiu no descrédito, perdeu a autoridade e se transformou em um fantasma no enfrentamento da Covid-19”, sentenciou.

 

Confira o artigo na íntegra:

 

Sem uma única obra, Caiado tenta se “apropriar” dos aeródromos

 

O governo Caiado, mais uma vez, sem ter mostrado uma única obra ou ação realizada, se apropria de obras e programas herdados dos governos do PSDB. A única “obra e ação” palpável desse atual governo é a disseminação descontrolada do coronavírus para todos os municípios goianos. Resultado da falta de pulso, de ações, planejamento e programas do atual governo, que durante essa pandemia só se preocupou em fazer lives, propaganda enganosa e promoção pessoal do governador.

 

O atual governo teve tempo e dinheiro para preparar nossa rede pública hospitalar, uma das melhores do país e fruto dos governos do PSDB, para enfrentarmos essa crise sanitária e não o fez. Com decretos desconectados da realidade – no tempo e na sua abrangência – com idas e vindas, avanços e recuos por não aguentar pressões, Caiado criou o sistema vagalume de abre e fecha. Caiu no descrédito, perdeu a autoridade e se transformou em um fantasma no enfrentamento da Covid-19.

 

Com o intuito de mais uma vez desviar a atenção da população, o atual governo se apropria indevidamente de todas as ações e obras realizadas pelos governos do PSDB, no sentido de dotar o Estado de uma das melhores infraestruturas aeroportuárias do país. Tudo o que existe hoje em Goiás no que diz respeito à infraestrutura dos aeródromos foi construído antes de Caiado. No final de 2018, praticamente todos nossos aeroportos estavam em pleno funcionamento, principalmente os citados pelo atual governo como se tivessem sido concluídos e/ou regularizados nessa gestão.

 

Existem licenças de funcionamento que são renovadas periodicamente, e o atual governo, ao que parece, coloca renovação de licenças e/ou homologação de aeródromos como se fossem obras suas.

 

Quem não tem o que mostrar apresenta licenças e homologações como obra física executada. O mais difícil e oneroso é construir os aeródromos. Viabilizar licenças, ou homologa-los, não passa de uma atividade meramente burocrática. Dizer que tirou nossos aeroportos das páginas policiais é de um cinismo sem tamanho, afinal quem tentou colocar esse assunto nas páginas policiais foi o atual governo, por meio do encaminhamento de um relatório feito pela Goinfra  à Polícia Civil sobre o aeroporto de Mambaí. Relatório, esse, totalmente forjado, incompleto, mentiroso e com o claro intuito de induzir a autoridade policial e, consequentemente a Justiça, a um equívoco.

 

Caiado omite a informação segundo a qual quem identificou os erros em relação à construção desse aeroporto foi a gestão anterior da Agetop, que tomou todas as medidas necessárias legais e cabíveis para sanar os problemas. Prova disso que a imprensa goiana noticiou claramente que todas as medidas em relação a essa obra foram tomadas pela gestão passada, não permitindo que houvesse qualquer prejuízo aos cofres públicos.

 

Portanto, além de não construir nenhum aeroporto, ter dificuldades em manter os que construímos – vários estão abandonados, mais uma vez, de maneira vergonhosa, o atual governo tenta se apropriar de nosso legado como se fosse seu. Cabe informar, que o legado dos governos do PSDB não pertencem a Caiado ou a seu governo, pertencem aos cidadãos goianos, que já estão fartos de tanta inoperância, incompetência e mentiras do atual (des) governo.

 

Eurípedes Jerônimo é presidente do PSDB Metropolitano

Compartilhar

Desenvolvido por