Notícia

18/04/2017

Homenageado por Marconi, comandante da FAB diz que Aeronáutica vai ampliar presença em Anápolis

Governador entregou a ele comenda da Ordem do Mérito Anhanguera, ressaltando legado da FAB à história de Goiás

Foto: Henrique Luiz

O governador Marconi Perillo (PSDB) homenageou, na tarde de ontem, com a comenda da Ordem do Mérito Anhanguera, o comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente Brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato. A homenagem, conforme ressaltou, se deve ao legado da FAB à história de Goiás, iniciado quando a Aeronáutica escolheu Anápolis para sediar uma das mais importantes bases aéreas do Brasil.

“Essa homenagem é do povo goiano, mas certamente corporificada pelos anapolinos, em agradecimento à Aeronáutica por ter escolhido Anápolis há algumas décadas para sediar uma das mais importantes alas em todo o Brasil. Esse agradecimento se reveste de maior envergadura na medida em que, ao transformar a antiga Base Aérea de Anápolis em Ala II, o senhor e todo o seu comando a transformam na mais importante base aérea do País”, afirmou o governador.

Marconi ressaltou que, além da agregação humana, a base aérea levou para Anápolis agregação tecnológica. “Muitos dos oficiais serviram ou servem em Anápolis como professores universitários e participam ativamente da vida social. Foram acolhidos por Anápolis como seus filhos, e também a abraçaram como sua cidade. Só por esse legado à nossa história já valeria essa homenagem, mas é importante ressaltar o quanto a aeronáutica foi importante na construção da cidadania brasileira. Além, é claro, da atuação estratégica na defesa do nosso espaço aéreo, e da unidade nacional”, endossou, parabenizando em seguida o comandante pelo currículo irrepreensível que carrega, de uma vida dedicada à Força Aérea Brasileira.

O comandante Nivaldo Luiz Rossato afirmou estar muito contente pela homenagem, e informou que o plano estratégico militar da Aeronáutica prevê uma série de ações que irão ampliar a presença da Força em Anápolis, “ampliando os vínculos entre nossas instituições, e fazendo com que, em breve, novos vetores possam cruzar o céu goiano, destacando-se o cargueiro KC 390”, disse.

Luiz Rossato lembrou que, no início da década de 1970, pela sua posição geográfica privilegiada, Anápolis foi escolhida para sediar o primeiro núcleo da primeira aula de defesa aérea, o que classificou como “embrião da unidade que é hoje uma das referências de operacionalidade e profissionalismo da nossa Força”. E destacou: “Posso afirmar que a qualidade dos trabalhos ali desenvolvidos é diretamente relacionada ao capital humano capitaneado na região. É o fruto do trabalho de um povo que transformou a cidade de Anápolis em um pólo industrial logístico de destaque no nosso País”.

Participaram também do evento o comandante da Polícia Militar de Goiás, coronel Divino Alves; e do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás, coronel Carlos Helbingen Júnior.

Fonte: Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

Facebook

Twitter